Mudanças na Campus Party Brasil 2020

A Campus Party Brasil vai ter algumas mudanças, mas não se preocupe, estas mudanças deixarão o evento maior e melhor, confira os principais destaques.

Em carta divulgada na manhã de hoje (05), os fundadores da Campus Party anunciaram que este é o momento de revolucionar o evento, de fazer da Campus Party algo ainda mais forte e útil para os campuseiros.

Para 2020, os campuseiros podem esperar “mais conteúdo internacional especializado, mais espaço para workshops, mais conforto no Camping, mais apoio para os que querem empreender e para os que precisam de apoio para seus empreendimentos. Uma nova Campus que escuta mais os campuseiros e integrará muito mais as suas necessidades.” Escreveram os fundadores. E completaram, dizendo que o Palco Feel The Futere fara você pensar que está vivendo no futuro, com maior integração e projetos de vanguarda da humanidade e experiências únicas.

Outra grande mudança é que a #CPBR2020 mudará de endereço e data, pela primeira vez, não será realizada no verão, mas sim em julho, de 7 à 12, no Expo Center Norte (Pela primeira vez o evento não acontecerá no verão. Devido à falta de disponibilidade de datas no recinto, as data disponíveis nos obrigariam a fazer um evento mais curto e pior, por isso tomamos a decisão de levar o evento a uma data que permita fazer uma excelente Campus Party. Além disso, o tempo extra permitirá que a organização incorpore todas essas novas ideias.”.

Por fim, na carta, os fundadores relembraram a trajetória da Campus Party, desde sua primeira edição no Parque do Ibirapuera. Rememoraram as experiências, o compartilhamento de conhecimento e ainda deixaram espaço para que os campuseiros possam interagir diretamente com um deles (paco@campus-party.org).

E o que você achou desse anúncio? Ficou mais animado com a nova Campus Party? Já participou de alguma edição anterior? Deu vontade de ir pela primeira vez? Compartilhe conosco suas ideias e opinião!

Ricardo Januário

Um pouquinho geek, levemente nerd, e quando se trata de Pokémon ou Final Fantasy até me considero gamer. Sou um jornalista formado como destaque da turma, amo escrever e compartilhar meu conhecimento e informação com o maior número de pessoas, defendendo a liberdade à informação e cultura.

%d blogueiros gostam disto: