[CRÍTICA COM SPOILERS] The Walking Dead 9×15 The Calm Before (A Calmaria Anterior)

Eu não sei vocês, mas, embora o episódio não tenha sito grande coisa, ele daria um belo season finale.

[Vale ressaltar, como o nome sugere, trata-se de uma crítica COM SPOILERS, o conteúdo a seguir reflete a opinião de seu autor. Sinta-se livre para concordar, ou discordar, total ou parcialmente, o importante é que sua opinião seja expressada com respeito e educação.]

Antes de iniciar nossa crítica, vale ressaltar que aqui teremos SPOILERS, então, se você não quiserr saber dos spoilores nem do episódio nem das HQs, pode ler nossa crítica SEM SPOILERS clicando aqui. Dito isso, só avance para o próximo parágrafo se você não se importar ou realmente quiser saber dos spoilers, pois eles estão por toda parte…

Eu saí deste episódio com o gostinho de quero mais. Mas, amarguei o sabor do medo da AMC, e isso de certa forma estragou minha experiência. Além disso, com o mínimo de esforço, somos capazes de notar furos no roteiro, como a morte do Jesus… Gente, como assim, a série parece que ignorou que o Reino não sabia disso, e fez parecer que já sabiam, ou que no curto espaço de tempo entre a chegada da Tara e o início da feira, todos já tivessem digerido sua morte, e estavam prontos para seguir com as festividades.

O episódio, tecnicamente mandou bem, direção de arte, montagem, trilha sonora, etc… As atuações de várias personagens foram ótimas, como Michonne, Carol, Alpha, Siddiq, etc… Tudo isso colaborou para que o clima de tensão se instalasse de tal maneira que não quiséssemos desgrudar o olho nem um segundo.

Eu só queria entender em qual momento que a Alpha conseguiu entrar no Reino, e como ela conseguiu sair? Será que ninguém pensou em acompanhá-la, etc? Fora isso, parece que outros sussurradores entraram também, e como que 10 pessoas da comunidade foram decapitadas? Eu não acompanhei as HQs, mas, parece que por lá tudo ocorreu off-screen também, e isso é até interessante, para deixar no imaginário das pessoas mas, em minha opinião, neste caso, acabou mais sendo um grande diabolo ex-machina do que algo aberto à conclusões individuais.

No final, o Siddiq até tentou explicar um pouco do que houve, era pra ser comovente, e até conseguiu o ser, um pouquinho. Mas, sinceramente, foi difícil de engolir. Incluindo “o mar de mortos”, que seria a giga horda de zumbis dos sussurradores, e que não me pareceu tão gigante assim… Foi uma grande horda, mas, nem parecia maior do que aqueles da pedreira.

A cena das estacas foi muito, mas muito adaptada em relação aos quadrinhos, creio que as mortes mais impactantes foram Enid, Tara e Harry, de resto, foram personagens secundário, Ozzy (o líder dos saqueadores), Eddy e DJ (outros dois salteadores), Tammy Rose (aquela senhora que adotou o bebê dos sussurradores), Addy e Rodney (dois daqueles jovens de Hilltop), mas bem secundários mesmo, e o pessoal do grupo novo. Pronto, tá aí o porquê deles terem sido agregados ao elenco, para poupar Ezequiel, Tara e mais algum nome de peso.

Talvez se você acompanhou as HQs, pode ter se decepcionado um pouco com o episódio, mas, se você não acompanhava, provavelmente se entreteu mais, pois foi isso que o episódio se propôs, e entregou um bom entretenimento para o domingo a noite. Então, comente aí, o que você achou do episódio?

Ricardo Januário

Um pouquinho geek, levemente nerd, e quando se trata de Pokémon ou Final Fantasy até me considero gamer. Sou um jornalista formado como destaque da turma, amo escrever e compartilhar meu conhecimento e informação com o maior número de pessoas, defendendo a liberdade à informação e cultura.

%d blogueiros gostam disto: