[BUEMBA] Disney firma acordo para compra da Fox Entretenimento

É isso aí amiguinho, a a Walt Disney Group está aumentando seus filhos e a qualquer momento pode anunciar a compra da divisão de entretenimento da Fox.

 

Sim amigos, a Walt Disney Group está aumentando seus filhos e a qualquer momento pode anunciar a compra da divisão de entretenimento da News Corp, mandante da 21st Century Fox, que inclui a Fox Studios, Fox Channel, FX, Fox Life, Fox Premium, National Geographic, entre outros, deixando com a NewsCorp apenas a divisão de esportes e notícias, segundo a agência de notícias CNBC.

 

Aí vieram as perguntas, qual o real interesse da Disney em comprar mais uma grande divisão de entretenimento, visto que nos últimos anos comprou a Marvel e a Lucas Films? Como vai ficar a partir de agora? Qual o motivo de deixar de fora a divisão de esportes e notícias? Quando surgiu esse desejo da dona do rato mais famoso do mundo?

 

Bom, pra responder todas essas perguntas temos que voltar a história, mais especificamente pra 1990. No final de 1989 surgiu na TV estadunidense uma família amarela, que arrebatou multidões, sim meus queridos, estou falando de Os Simpsons, pela primeira vez, a Disney se sentiu incomodada com a repercussão e audiência de um programa de animação, alí despertou o desejo da gigante, porém não passou disso um desejo.

Pode não parecer mas a Marvel passou por apertos na década de 1990
Pode não parecer, mas a Marvel passou por apertos na década de 1990

Uma história paralela estava acontecendo, a Marvel enfrentou uma grande crise financeira, e pra sair do buraco, resolveu vender os direitos de live action cinematográfico com isso, acabou perdendo o direito de diversos personagens, o que dificultou quando começou a desenhar seu Universo Cinematográfico Integrado. Apenas lembrem disso, vai ajudar a entender o final da história.

 

Em setembro de 2009, a Disney anuncia que adquiriu a Marvel Entreteniment, o que deixou muitos boquiabertos, pela bagatela de 4 bilhões de dolares, uma pechincha.

 

Ainda em 2009, a Disney se junta a Fox e a Universal para a criação do Hulu, serviço de streaming para bater de frente com a Netflix, que estava cada vez se tornando mais relevante no mercado norte-americano.

 

A Disney viu, que o potencial do universo geek, resolveu investir 4,05 bilhões na LucasFilms em 2012, após a compra, os estúdios que estavam parados a anos, já que George Lucas não produzia filmes por um bom tempo, a casa do Star Wars estava em uso apenas para roteirização de games, animação e quadrinhos, porém não os produzia, terceirizando a produção, curiosamente, quem editava os quadrinhos de Star Wars era a Marvel Comics.

Parque de Pandora parceria Disney e Fox
Parque de Pandora parceria Disney e Fox

Em 2015 veio o primeiro embate da Disney com a Fox, culpa de quem? Marvel, isso mesmo, a Marvel precisava dos mutantes em uma de suas franquias, mas a Fox não queria liberar. Mas no ano anterior a Disney e a Fox firmam acordo para a criação do Reino de Pandora, de Avatar, em um dos parques da Walt Disney World Resorts, o que ao mesmo tempo deixava as duas empresas próximas e afastadas ao mesmo.

 

Aí em 2015 veio mais uma aproximação, já que a Fox precisava alterar os poderes de uma mutante, o que coincidiu com a necessidade da Marvel em precisar de 3 personagens que estavam com a Fox, fizeram a troca, ok, acabou ali.

 

E em 2016 a Fox tinha o desejo de criar séries inspiradas em personagens dos X-mens, porém foi impedida legalmente, pela Marvel, já que os direitos só se estendiam a cinema, após muita briga, a justiça americana decide que as duas deveriam trabalhar juntas, com isso em 2017 veio Legion e The Gifted.

 

Esta briga entre as duas serviu como estopim para reacender o desejo da Disney em ter nas mãos franquias de grande sucesso, mas ainda não tinha o pretexto perfeito, e em 2017 a Disney resolve criar seu próprio serviço de streaming para brigar com a Netflix, mesmo ela tendo diversos estúdios e deter muita coisa, ficaria ainda falho em seu catálogo, comparando com a Amazon Prime e Netflix, foi, por fim, o motivo final que a Disney precisava para tomar a iniciativa, e a fez, 60 bilhões de dólares foi o valor desta iniciativa.

Disney Life serviço de streaming da criadora do Mickey e companhia
Disney Life serviço de streaming da criadora do Mickey e companhia

Mas e a divisão de esportes e notícias, qual o motivo de ficar de fora? Simples amiguinho, a Disney já possui a ESPN, ABC News e a A&E Networks, o que se fez desnecessário. Mas se ela é uma das donas do Hulu (27%), qual a vantagem em criar seu próprio serviço de streaming? Ganhar mais participação de mercado, apenas isso. E como vai ficar a partir de agora? Da mesma forma, o que possivelmente aconteça é devolver os personagens pra Marvel, parar de pagar licenciamento para usar os personagens e mundos em seus parques temáticos e ganhar muito mais grana. A Disney não tem o hábito de se intrometer no andamento de suas empresas. A prova disso, foi que se intrometeu na Marvel, desde sua compra, apenas para bloquear cancelamentos de séries da Marvel, parar a distribuição dos filmes da Paramount e transferindo pra Disney e solicitou animações crossover com Phineas & Ferb, apenas isso.

 

Amigos, agora vamos aguardar pra ver o que mais vem por aí.

 

Qualquer novidade nesta história, volto aqui e conto pra vocês.

 

Então… Thats All Folks…

 

Ah… Antes que eu me esqueça, não perca nosso resumão da CCXP 2017 na próxima segunda ou terça…

 

Agora sim… Tchau!

Raúl Souza

Coach de Carreira, Professor, Palestrante, Geek, Cinefilo e revendedor Jequiti e Ambev... Pois não existe mulher feia, existe mulher que não conhece os produtos Jequiti, ou o homem que bebeu pouco mesmo...

%d blogueiros gostam disto: